imagem Os 10 melhores álbuns brasileiros dos anos 80

Uma das principais características das bandas de rock no Brasil, durante os anos 80, foram suas diversas facetas: alguns se inspiravam no punk inglês, alguns se inspiravam no corrente do reggae, outros utilizavam do bom humor para criar suas composições.

Esta matéria tem como função listar as 10 melhores discos dessa época, que é considerada a “era de ouro” do rock nacional. Confira:

10. “Inimigos do Rei” – Inimigos do Rei, 1989

Uma das surpresas dessa lista, o disco de estréia dos Inimigos do Rei é uma mistura do pop rock (com vários sintetizadores e passagens de teclados) e letras humorísticas. O álbum foi um sucesso nas rádios, chegando a atingir um disco de ouro, graças as faixas “Uma Barata Chamada Kafka” e “Adelaide”. O álbum contém outros ótimos momentos, como “Jesse James” e “Apocalipse Joe”.

9. “O Concreto Já Rachou” – Plebe Rude, 1985

O Plebe Rude é, sem dúvida, um dos principais nomes do punk rock brasileiro, e em “O Concreto Já Rachou”, disco de estréia da banda, nós podemos constatar isso. O álbum, produzido por Herbert Vianna, contém apenas 7 faixas, mas está cheio de inspiração, como podemos identificar em músicas como “Proteção” e “Johnny Vai à Guerra (Outra Vez)”, além do grande sucesso “Até Quando Esperar”, uma das canções que se tornaram ícones da época.

youtube player

8. “Maior Abandonado” – Barão Vermelho, 1984

“Maior Abandonado” pode ser considerado como o ápice da carreira do Barão Vermelho. O disco mescla momentos dançantes e momentos mais calmos, sempre com belas letras de Cazuza e Frejat (este último fez um ótimo trabalho com sua guitarra nesse disco). Os principais sucessos foram “Por que a Gente é Assim?”, “Bete Balanço” e a faixa título, mas temos outros destaques, como “Você Se Parece Com Todo Mundo” e “Milagres”.

youtube player

7. “Capital Inicial” – Capital Inicial, 1986

Podemos definir o primeiro disco do Capital Inicial com apenas uma palavra: excelente. Desde os vocais de Dinho à bateria de Fê Lemos, o álbum consegue garantir vários minutos de diversão ao som de puro rock. Encontramos, nesse disco, sucessos como “Música Urbana”, “Psicopata”, “Veraneio Vascaína” e “Fátima”, além das ótimas “Linhas Cruzadas e “Leve Desespero”.

youtube player

6. “A Revolta dos Dândis” – Engenheiros do Hawaii, 1987

Segundo disco dos Engenheiros, “A Revolta dos Dândis” marca uma mudança na sonoridade da banda, trazendo um clima mais folk rock, que se tornaria marca registrada da trupe de Humberto Gessinger. O álbum está recheado de grandes composições: “A Revolta dos Dândis I”, “Terra de Gigantes”, “Infinita Highway”, “Refrão de Bolero” e “A Revolta dos Dândis II”, além da boas “Filmes de Guerra, Canções de Amor” e “Além dos Outdoors”.

youtube player

5. “Selvagem?” – Os Paralamas do Sucesso, 1986

Após a boa apresentação na primeira edição do Rock in Rio, Os Paralamas do Sucesso lançam “Selvagem?”, um disco incrível, que demostra uma grande mudança em relação ao seu antecessor. O álbum inteiro é bom, começando com ótima “Alagados”, passando pela bela “Teerã” e pelo sucesso “A Novidade”, chegando na bem humorada “Melô do Marinheiro”. Também temos uma excelente crítica em “Selvagem” e uma regravação de “Você”, clássica canção de Tim Maia.

youtube player

4. “Nós Vamos Invadir Sua Praia” – Ultraje a Rigor, 1985

Seria esse o melhor disco de estréia do rock nacional? Sem dúvida, é uma excelente escolha. O álbum é repleto de sucessos (apenas duas faixas não estouraram nas rádios), o que garantiu ao Ultraje a Rigor um lugar na história do rock brasileiro. “Inútil”, “Rebelde Sem Causa”, “Marylou”, “Cíúme”, “Eu Me Amo” e a faixa título são apenas algumas canções desse esplêndido trabalho, que ainda contém músicas como “Mim Quer Tocar”, “Zoraide” e “Independente Futebol Clube”.

youtube player

3. “Dois” – Legião Urbana, 1986

Acho que está meio saturado ficar falando que o Legião está sempre nas listas de melhores bandas, discos e músicas. Mas o que podemos fazer, se a banda produziu uma das melhores discografias do país, cheia de grandes momentos. Podemos dizer que “Dois” é o ponto alto da carreira do grupo de Renato Russo, que demostra toda sua genialidade nas belas letras e melodias que compõem esse grande trabalho. Cheio de sucessos, podemos destacar “Quase Sem Querer”, “Eduardo e Mônica”, “Tempo Perdido” e “Índios”, além de outras excelentes composições, como “Fábrica”, “Daniel na Cova dos Leões”, “Planta Em Baixo do Aquário” e “Metrópole”.

youtube player

2. “Cabeça Dinossauro” – Titãs, 1986

“Cabeça Dinossauro”, terceiro disco do Titãs, é, no mínimo, um trabalho curioso. A prisão de Arnaldo Antunes e de Tony Bellotto, e a clara vontade da banda querer buscar uma unidade sonora influenciaram na mudança estética que a banda tomou neste álbum. O disco é recheado de momentos que demostram toda força do punk rock nacional, como é o caso de “AA UU”, “Igreja”, “Polícia”, “Porrada” e “Bichos Escrotos”, além de demostrar um lado mais experimental da banda, sofrendo influência do reggae em “Família” e do funk em “O Que”.

youtube player

1. “Vivendo e Não Aprendendo” – Ira!, 1986

O Ira! pode não ter sido a melhor banda do rock brasileiro, mas sem dúvida, “Vivendo e Não Aprendendo” é, no mínimo, um protótipo de álbum perfeito: as músicas são cativantes, as letras são interessantes e as melodias são bem trabalhadas. O disco poderia ser considerado uma coletânea da banda, graças ao número de sucessos: “Envelheço na Cidade”, “Dias de Luta”, “Tanto Quanto Eu”, “Vitrine Viva”, “Flores Em Você” e “Quinze Anos”, além das excelentes “Casa de Papel”, “Nas Ruas” e da dobradinha final ao vivo, “Gritos na Multidão” e “Pobre Paulista”.

youtube player

É claro que existem vários outros grandes discos lançados durante esse período que poderiam facilmente entrar nessa lista, mas após muito pensar, cheguei a essas 10.

FONTE: whiplash.net

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s